Pessoas que utilizam a BR-425 para viajar de Guajará-Mirim ou de Nova Mamoré com destino a Porto Velho, estão receosas de que a cheia do rio Madeira atinja em grandes proporções, como no ano de 2008, a cidade de Nova Mamoré. As águas do Madeira, que passa a ter essa denominação a partir do distrito de Vila Murtinho, quando as águas do Mamoré e do Beni, que vem da Bolívia, se encontram e seguem adiante, já estão cobrindo a ponte do Araras, localidade que fica no município de Nova Mamoré, distante cerca de 45 km de Guajrá-Mirim.

 

 

 

 

 

Fonte: Guajará Noticias

.


Todos Direitos reservados para Gilson Carlos

Site criado em 16/12/2013